09/04/2022 às 21:07

 Abril: Mês da conscientização sobre o autismo + 3 séries pra acompanhar e se emocionar

145
3min de leitura

Abril é marcado pela Conscientização do Autismo. O tema tem se tornado cada vez mais presente em rodas de conversas maternas, redes sociais e até meios de entretenimento, como filmes e séries. Autismo é um distúrbio do neurodesenvolvimento e, antes de qualquer julgamento, é preciso se informar sobre o assunto. Convidamos você a abraçar o movimento de conscientização através de uma breve e necessária leitura.

Qualificado como Transtorno do Espectro Autista (TEA), o autismo pode interferir no desenvolvimento infantil e ser percebido logo nos primeiros meses de vida do bebê. O diagnóstico de TEA é classificado em três níveis:

• Autismo clássico: Os portadores apresentam dificuldades em relação à fala, comportamentos repetitivos e falta de interação social. Pode-se considerar como o mais percebido e conhecido.

• Autismo de alto, também chamado de Síndrome de Asperger: É um estado do espectro autista, geralmente com maior adaptação funcional. Embora afete a percepção e interação social, geralmente é caracterizado por inteligência e comunicação acima da média da população.

• Transtorno Global do Desenvolvimento (TGD): Possui algumas manifestações semelhantes do TEA, no âmbito de comportamento e interação, mas não há um diagnóstico limitado. Essa categoria engloba vários distúrbios que são incluídos dentro do autismo.

O autismo pode ser percebido em crianças com dificuldades na interação social, como baixa frequência de contato visual e falta de interação espontânea. Além disso, quando analisamos o comportamento, é possível identificar ações e brincadeiras repetitivas e interesse restrito a um tema ou brinquedo. Consequentemente, a linguagem da criança também é alterada. Podemos observar ausência ou atraso na compreensão e expressão, dentre outras formas de comunicação.

Por se tratar de um distúrbio no neurodesenvolvimento, o ideal é que o diagnóstico seja feito até os 3 anos de idade. Nessa fase, o cérebro da criança ainda está em período "inicial", com predisposição adaptativa aos procedimentos terapêuticos. Assim como o suporte familiar, o apoio da escola e comunidade também são fundamentais para o desenvolvimento e convívio da criança.

Autismo não é doença e não tem cara. Apesar de ainda ser um assunto pouco difundido, isso não significa que ele seja raro. 1 a cada 100 pessoas possuem grau de TEA. A ONU estima que existem mais de 70 milhões de autistas. E vai além, um estudo da USP (2019) confirmou que, entre as crianças, o autismo é mais comum do que a soma de casos de câncer, diabetes e aids. 

É essencial que a alteração seja aceita e encarada de frente. O dia mundial da conscientização do autismo, 02 de Abril, foi criado pela ONU e já existe há 15 anos. A data é um convite a expandir informação e tem o objetivo de reduzir a discriminação e preconceito. É certo que a condição já impõe muitos desafios no convívio diário, se criarmos uma sociedade mais informada e empática os benefícios impactam inclusive na socialização e integração dos portadores do TEA.

A Fábrica acredita que o conhecimento pode nos conectar e levar além de todo julgamento. Crianças, jovens e adultos com autismo podem e devem conquistar seu lugar em todas as esferas de relacionamentos e socialização. Para que você conheça um pouco mais sobre o tema, listamos 3 séries leves que retratam o dia a dia de pessoas com autismo:

• Atypical

Sinopse: Quando um adolescente com traços de autismo resolve arrumar uma namorada, sua busca por independência coloca a família toda em uma aventura de autodescoberta.

Onde assistir: Netflix

• Amor no espectro

Sinopse: Em busca do par perfeito, sete jovens no espectro autista mergulham no mundo complexo dos relacionamentos amorosos.

Onde assistir: Netflix

• The Good Doctor

Sinopse: Um jovem médico com autismo começa a trabalhar em um famoso hospital. Além dos desafios da profissão, ele terá também que provar sua capacidade a seus colegas e superiores.

Onde assistir: Globoplay

Acreditamos no #RespeitoParaTodoEspectro

09 Abr 2022

 Abril: Mês da conscientização sobre o autismo + 3 séries pra acompanhar e se emocionar

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

autismo conscientização séries

Quem viu também curtiu

09 de Dez de 2022

Desconfia que seu filho pode ter algum grau de autismo? Vem saber mais!

17 de Fev de 2020

DICAS IMPORTANTES PARA A SESSÃO NEWBORN

08 de Abr de 2023

DIA DAS MÃES: UMA SESSÃO DE FOTOS ESPECIAIS

Olá! Sinta-se a vontade para enviar uma mensagem pelo WhatsApp :)
Logo do Whatsapp